MUSEU FREI BEDA ILHA DE DEUS

01

MUSEU FREI BEDA GANHA APOIO DO L.O.U.Co, (PORTO DIGITAL)

No dia 26/05 fomos recebidos por Taciana na sede do LOUCo, no Porto Digital para uma reunião sobre o Museu Frei Beda, com as presenças de Nalvinha da Ilha, Edy Rocha, (Saber Viver), Maria Rosa e Sandro Cunha, (Museu Cais do Sertão). Neste encontro ficou acertado que o Porto Digital atreves do L.O.U.Co (Laboratório de Objetos Urbanos Conectados), Ira realizar do dia 10 a 27 de julho 2017, um workshop de Férias com alunos do ensino médio e um hackathon, com universitários que irão enfrentar um grande desafio para ajudar a viabilizar o museu Frei Beda na Ilha de Deus com o apoio de Museólogos e equipe de colaboradores do Museu Cais do Sertão.       

L.O.U.Co (Laboratório de Objetos Urbanos Conectados),é um laboratório aberto a sociedade, para criação, desenvolvimento e prototipagem rápida de soluções que melhorem a qualidade de vida das pessoas nas cidades, como temas relacionados: bem-estar, saúde, esportes, preservação do meio-ambiente, transporte, mobilidade, cultura, entretenimento e urbanismo.

O L.O.U.Co é um makerspace do Porto Digital, que visa experimentar soluções inovadoras para problemas urbanos, a partir da Internet of Things (IoT) e fabricação digital, de modo a possibilitar que objetos físicos sintam o ambiente e se comuniquem, independente de intervenção humana. São projetos equipados com sensores capazes de trocar informações entre si, com as pessoas ou com o ambiente – até cidades inteiras, sendo projetadas de maneira totalmente conectada e automatizada, e/ou que interajam ludicamente com as pessoas.

Busca envolver um perfil multidisciplinar de pessoas, empresas e grupos de áreas como ciência da computação, eletrônica, design, arquitetura, urbanismo, saúde e áreas correlatas no desenvolvimento de soluções em consonância com os objetivos do L.O.U.Co, diminuindo a distância entre academia, mercado e a sociedade no geral na busca de uma cidade melhor.

Para tanto, disponibiliza aos usuários impressoras 3D, uma cortadora laser, um scanner 3D, uma fresadora de precisão, uma impressora de circuitos elétricos e uma biblioteca de sensores como acelerômetros, infravermelhos, de temperatura, luminosidade, pressão, qualidade de ar, fluxo de água e chuva, entre outros.

Entre as atividades propostas para o L.O.U.Co estão:

Estabelecer parcerias com instituições de ensino, projetos de pesquisa e empresas do mercado interessadas em desenvolver projetos em consonância com o laboratório;

Promover encontros com profissionais de referência do mercado que façam uso de IoT (Internet das Coisas) e fabricação digital, por meio de: workshops, palestras, cursos e promoção de eventos,

Promover o acesso aberto ao público aos equipamentos e biblioteca de componentes e sensores para prototipagem de projetos;

Acelerar de negócios inovadores, baseado em tecnologias de fabricação digital e internet das coisas.

Fonte: Porto Digital

Por: Edy Rocha

maxresdefault

PROJETO MUSEU FREI BEDA ILHA DE DEUS

Apresentação:

O Museu tem como meta salvaguardar a memória da Ilha de Deus a partir do acervo constituído de documentos distribuídos em diversos suportes como fotografias, vídeos, cds, recortes de jornais, teses e outros, doados pela instituição católica AKTIONSKREIS PATER BEDA e coletados em arquivos na Alemanha nos anos de 2015 e 2016, pois representam um valioso material sobre a história social e a memória da comunidade da Ilha de Deus, situada ao lado do Parque Natural Municipal dos Manguezais Josué de Castro, no estuário da bacia hidrográfica dos rios Pina, Tejipió e Jordão. A Ilha de Deus é habitada por aproximadamente 2000 (duas mil) famílias, que residem nas margens dos manguezais, separada do continente por uma única ponte, fruto da atuação heroica daqueles moradores e a resistência das mulheres em permanecerem na Ilha de Deus.

O histórico da ilha tem base para a implementação do museu a partir desse inventário museológico do acervo iconográfico objetivando a sua preservação, estudos e pesquisas sobre os temas abordados. Constituída por 5000 (cinco mil) fotografias digitalizadas, mais de 200 depoimentos em áudio e vídeo, textos impressos e publicações, colecionadas a partir dos anos de 1980 até 2015, grande parte produzida por iniciativa de Frei Beda, através da ONG – Centro Educacional Popular Saber Viver, instituição privada sem fins lucrativos, fundada em 1983, responsável por muitos projetos nas áreas de Memória Institucional, Educação, Desenvolvimento Comunitário, geração de trabalho e renda, atividades esportivas e culturais. Nesse sentido, o referido acervo pode ser qualificado como referência para os habitantes da comunidade, especialmente para os moradores mais antigos.  Por ter sido área onde as drogas e a marginalidade desenhavam a triste realidade do cotidiano da comunidade, a ilha era chamada de Ilha sem Deus. Entretanto, essa história vem mudando com a força e a adesão das mulheres dentro da comunidade. Daí, inventariar e organizar a informação contida nessa documentação como ação de preservação e difusão cultural e fonte primaria de informação, acondicionando-a no Centro de Artes da Ilha de Deus para todos os públicos. Qualificado na categoria de patrimônio documental, o acervo é referência pela temática inédita sobre moradores, suas lutas e resistências, sobre a paisagem e o manguezal, as atividades produtivas, o saneamento, a educação e a cultura do local, e, a importância de tratamento técnico de inventário museológico, registro, catalogação e organização do material, com finalidade de disseminação da informação em meio digital, portanto, buscando formas adequadas para a sua guarda, conservação e disponibilização para consulta.

Tal inventário tem como meta após a sua finalização a implantação do Arquivo e do Museu Frei Beda no Centro de Artes da Ilha de Deus, em homenagem ao seu mais ilustre benfeitor.

O projeto trata da implantação do Museu Frei Beda Ilha de Deus como espaço para resgatar, preservar e difundir a história da Comunidade Ilha de Deus, seus moradores os projetos sociais e a intervenção dos amigos da Alemanha para mudar a história dos moradores da ilha, dos anos 80 até os dias atuais.

Objetivo Geral:

Implantar o MUSEU FREI BEDA COMUNIDADE DA ILHA DE DEUS;

 Objetivos específicos:

Preservar e difundir a história da Ilha de Deus através do Museu instalado no Centro de Artes da Ilha de Deus;

Montar e manter atualizado o Acervo documental da história da Ilha de Deus;

Resgatar os documentos históricos da comunidade que se encontram em coleções particulares e públicos, a fim de garantir a sua preservação;

Envolver a participação da comunidade local no projeto no resgate histórico que conta a formação social da Ilha de Deus;

Oferecer um espaço de pesquisa histórica sobre a Ilha de Deus, seus moradores, e o serviço social oferecido pela ONG, Saber Viver em 34 anos de existencia na comunidade. 

Por: Edy Rocha 

ENCONTRO DE PARCEIROS 2012 

image
Entre neste site e confira as açãos social Pater Beda para ajudar as Instituições parceiras no Brasil. 


PATER BEDA O PAI DA ILHA DE DEUS!